ISO 45001

Apresentação do Programa

As novas obrigações impostas pela legislação, juntamente com a demanda social em relação à monitorização das condições de saúde e segurança da atividade produtiva, fizeram com que as organizações, independentemente do tamanho e do setor a que pertencem, manifestem um interesse cada vez maior em alcançar a gestão da segurança e da saúde ocupacional, permitindo ter seus riscos sob controle e estando em conformidade com a legislação vigente.

É, portanto, uma questão de definir um sistema geral para a prevenção de riscos ocupacionais que seja integrado à gestão empresarial para, entre outras coisas, evitar ou minimizar riscos para os trabalhadores e ajudar a alcançar a melhoria contínua dentro da organização.

Para atender a essa necessidade, a melhor ferramenta é a implementação de um sistema de gestão de riscos ocupacionais baseado na norma ISO 45001:2018.

Essa norma internacional, publicada em março de 2018, inclui várias mudanças significativas em relação à sua antecessora, a OHSAS 18001:2007. Como será visto em todo o programa, essas alterações se dão através da adoção de uma estrutura de alto nível (Anexo SL), mas também por outras atribuíveis ao campo da segurança e saúde no trabalho (SST).

A ISO 45001:2018 é a primeira em seu campo que incorpora uma estrutura compatível com os requisitos das normas ISO 9001, de qualidade e ISO 14001 ambiental, (em suas respectivas versões atuais). Portanto, ela permitirá às empresas facilitar a implementação de um sistema integrado de gestão, visando alcançar um quadro comum e uma maior eficácia e eficiência na sua integração com outros processos que a organização subscreve.

O programa de formação a distância responde, assim, às novas exigências, proporcionando critério, rigor e, acima de tudo, as principais noções no momento de transportar as políticas de segurança e saúde para a organização.

A quem é dirigido

A metodologia de formação proposta, somada à clareza, amplitude e didática do projeto dos conteúdos, permite dirigir o programa ISO 45001 todos os técnicos em prevenção que precisam implementar um sistema de gestão de prevenção dos riscos ocupacionais na empresa.

Titulação

A conclusão com sucesso do Programa permitirá que você obtenha a titulação do ISO 45001.

Após a conclusão com êxito do Programa, o aluno receberá o diploma emitido pela Universidade em que se matriculou.

Estrutura do Programa

A duração estimada do programa ISO 45001 é de 100 horas (10 créditos)1.

Sobre a distribuição do tempo, fica estabelecido que:

  • Por ser um programa a distância e não estar sujeito a aulas presenciais, não se estabelece uma data específica de início, desta maneira, o aluno pode formalizar a matrícula em qualquer momento, sempre que houver vagas disponíveis.
  • O tempo máximo para concluir o programa é de três meses. Neste período de tempo, o aluno deve entregar todas as avaliações correspondentes às disciplinas.

A estrutura de créditos do programa ISO 45001, é apresentada na tabela a seguir:

  CRÉDITOS ECTSA DURAÇÃOE HORAS
Disciplinas 10 3 100

a. A equivalência em créditos pode variar de acordo com a universidade que emite o título. Um (1) crédito ECTS (European Credit Transfer System) equivale a 10 + 15 horas. Se o aluno cursa o programa matriculado em uma universidade não pertencente ao Espaço Europeu do Ensino Superior (EEES), a relação entre créditos e horário pode variar.
b. Duração em meses.

Objetivos

Objetivo geral:

  • Formar profissionais competentes para realizar o projeto, execução e monitorização de um sistema de gestão da prevenção baseado na norma ISO 45001:2018, possibilitando a criação e manutenção de uma cultura de prevenção que evite acidentes e doenças ocupacionais na empresa.

Objetivos específicos:

  • Explicar os diferentes tipos de acidentes de trabalho e suas consequências.
  • Explicar as diferenças entre as doenças ocupacionais e doenças do trabalho.
  • Apresentar uma estimativa dos custos dos acidentes para o trabalhador, a empresa e a sociedade.
  • Argumentar a ação preventiva com base na investigação de acidentes.
  • Justificar a utilização de indicadores e métodos de controle para o monitoramento dos acidentes da empresa.
  • Exemplificar os conceitos de incidente e acidente de trabalho em seu aspecto legal e técnico-preventivo.
  • Justificar a nova abordagem na gestão da prevenção de riscos ocupacionais e sua integração na gestão global da empresa.
  • Sustentar o processo de planejamento da atividade preventiva dentro de um sistema de gestão, a partir de uma avaliação de riscos e oportunidades.
  • Explicar os antecedentes e a nova estrutura da ISO 45001 em relação à OHSAS 18001, com especial atenção ao processo de transição e à certificação do sistema de gestão SST.
  • Estabelecer as bases para a implementação da ISO 45001:2018 em empresas de qualquer tamanho ou setor.
  • Apresentar as informações documentadas expressamente exigidas pela ISO 45001:2018 e alguns modelos suportados por estudos de caso para o controle e monitoramento de sistema de gestão SST.
  • Apresentar os procedimentos de auditoria da prevenção de riscos ocupacionais.

Saídas Profissionais

Algumas das saídas profissionais do programa ISO 45001 são:

  • Consultor independente em prevenção de riscos ocupacionais.
  • Assessor para o projeto, execução e monitoramento da implementação da ISO 45001 em empresas de qualquer setor, tanto grandes como médias ou pequenas, públicas ou privadas.
  • Funções em entidades de auditoria.
  • Coordenação e acompanhamento dos programas de controle e redução de riscos.
  • Técnico em centros de formação em prevenção de riscos ocupacionais.

Plano de estudos

O programa ISO 45001 consiste de duas disciplinas que permitem conhecer e compreender, em primeiro lugar, os fundamentos históricos, conceituais e teóricos envolvidos na gestão da prevenção de riscos ocupacionais e, em segundo lugar, sua implementação organizacional, social e tecnológica dentro da empresa.

O objetivo é que os alunos adquiram uma visão global da integração de um sistema de gestão da prevenção no âmbito das atividades empresariais, através de diferentes temas multidisciplinares.

  DISCIPLINAS HORAS
1 Fundamentos da prevenção de riscos laborais 20
2 ISO 45001 80
  TOTAL 100

Estas disciplinas, apesar de serem independentes uma da outra, estão estruturadas segundo uma ordem pedagógica coerente. Cada uma é dividida em unidades temáticas básicas ou capítulos, cujo conteúdo deve ser considerado para solucionar satisfatoriamente as diversas atividades de avaliação.

Descrições dos Cursos

  1. FUNDAMENTOS DA PREVENÇÃO DE RISCOS LABORAIS

    Compreender os conceitos fundamentais em que se baseiam as condições de trabalho, assim como suas possíveis repercussões sobre a segurança e a saúde dos trabalhadores e as técnicas preventivas que é necessário aplicar para sua avaliação e aperfeiçoamento.

    CONCEITOS GERAIS
    Introdução. Conceito de trabalho. Conceito de saúde. Condições de trabalho. Conceito de risco laboral. Conceito de prevenção. Conceito de proteção. Técnicas de segurança ativas, reativas e complementares.
    DANOS RESULTANTES DO TRABALHO
    Acidente e incidente de trabalho. Doença profissional. Custos de acidentes de trabalho e doenças profissionais. Custos da prevenção. Falhas em controle de acidentes, doenças e incidente. Inspeção de segurança técnica de investigação de acidentes.
    ANÁLISE ESTATÍSTICA
    Índices estatísticos de acidentalidade. Métodos de controle estatísticos. Casos práticos.
  2. ISO 45001

    São fornecidos os conhecimentos necessários para integrar a gestão da prevenção dos riscos ocupacionais, dentro das atividades e atuações empresariais, usando um modelo instrumentalizado na norma ISO 45001, bem como a análise das diferentes fases do processo de auditoria da prevenção dos riscos ocupacionais.

    O PAPEL DA PREVENÇÃO NA GESTÃO GLOBAL DA EMPRESA
    Antecedentes. O sistema de reativo de ação. Elementos do sucesso do sistema ativo de ação. Integração da atividade preventiva. Como é realizada a integração da prevenção de riscos ocupacionais? O que é um sistema de destão da prevenção de riscos ocupacionais. Tipos de modelos de gestão.
    PLANEJAMENTO DE ATIVIDADE PREVENTIVA NA EMPRESA
    Introdução. Definição de planejamento preventivo. Planejamento por objetivos e normas de procedimento. Aspectos do planejamento das atividades preventivas. Procedimento geral do planejamento.
    A NORMA ISO 45001:2018
    Introdução. Antecedentes da norma ISO 45001:2018. Estrutura de alto nível: o anexo SL. Principais mudanças da ISO 45001:2018 em relação à OHSAS 18001: 2007. Prioridades na implementação. Certificação de sistema de gestão SST segundo a norma ISO 45001:2018.
    IMPLANTAÇÃO DA NORMA ISO 45001:2018
    Introdução. Objeto e campo de aplicação. Referências normativas. Termos e definições Contexto da organização. Liderança e participação dos trabalhadores. Planejamento. Apoio. Operação. Avaliação do desempenho. Melhoria.
    INFORMAÇÃO DOCUMENTADA DO SISTEMA DE GESTÃO SST, SEGUNDO A ISO 45001:2018
    Introdução. Nível I: manual de gestão da segurança e saúde no trabalho (não obrigatório). Nível II: procedimentos. Nível III: instruções. Nível IV: registros. Controle da documentação.
    AUDITORIA DE PREVENÇÃO DE RISCOS OCUPACIONAIS
    Conceitos gerais sobre auditorias de prevenção. Princípios de auditoria. Objetivos das auditorias de prevenção. Tipos de auditoria de prevenção de riscos ocupacionais. O processo de auditoria. Avaliação da auditoria de prevenção de riscos ocupacionais. Requisitos necessários para realizar uma auditoria de prevenção de riscos ocupacionais.

Nota: : O conteúdo do programa acadêmico pode ser submetido a modificações em função de atualizações ou melhorias efetuadas.

Direção

  • Dr. Eduardo Garcia Villena. Doutor em Engenharia de Projetos (Ambiente, Segurança, Qualidade e Comunicação) pela Universidade Politécnica da Catalunha. Diretor Acadêmico da Área Ambiental da Fundação Universitária Iberoamericana.
  • Dr. Víctor Jiménez Argüelles. Doutor em Engenharia de Projetos (Ambiente, Segurança, Qualidade e Comunicação) pela Universidade Politécnica da Catalunha. Mestre em Engenharia pela UNAM (Cidade do México) e professor especialista de prevenção de riscos ocupacionais no setor industrial.

Professores e Autores

  • Dr. José María Redondo Vega. Professora do Departamento de Geografia e Geologia da Universidade de León.
  • Dra. Cristina Hidalgo González. Doutora em Ciências Empresas pela Universidade de León. Professora Titular do Departamento de Economia Aplicada da Universidade de León, Espanha.
  • Dra. Olga Capó Iturrieta. Doutora em Engenharia de Projetos (Ambiente, Segurança, Qualidade e Comunicação) pela Universidade Politécnica da Catalunha. Responsável pela área de projetos do Instituto de Pesquisas Agropecuárias, Chile.
  • Dra (c). Lina Pulgarín Osorio. Doutoranda em Projetos pela Universidade Internacional Ibero-americana. Mestre em Gestão Integrada: Prevenção, Ambiente e Qualidade pela Universidade Politécnica da Catalunha. Coordenadora de programas e professora na FUNIBER.
  • Dra (c). Carmen Lilí Rodríguez Velasco. Doutoranda em Projetos pela Universidade Internacional Ibero-americana. Mestre em Psicologia Laboral e Organizacional pela Universidade de Havana, Cuba. Coordenadora Acadêmica Internacional da Área de Desenvolvimento Diretivo, Organização Empresarial e Recursos Humanos da Fundação Universitária Iberoamericana, FUNIBER.
  • Dr (c). Diego J. Kurtz. Doutorando em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Mestre em International Business pela Wiesbaden Business School, Alemanha. Pesquisador do Núcleo de Gestão para a Sustentabilidade e Pesquisador Júnior do Projeto Dynamic SME. Coordenador de programas e professor na FUNIBER.
  • Dra (c). Diana Patricia Cortés Díaz. Doutoranda em Projetos pela Universidade Internacional Ibero-americana. Mestre em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento pela Universidade de León, Espanha. Consultora especializada em Direito do Trabalho e Segurança Social. Coordenadora de programas e professora na FUNIBER.
  • Ms. María Eugenia Luna Borgaro. Mestre em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento pela Universidade de León, Espanha. Especialista em Gestão de Recursos Humanos e Habilidades Diretivas. Professora na FUNIBER.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário proporcionar alguma informação adicional.

Uma vez que tenhamos recebido a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.