Master Universitario em Comunicação Corporativa

Apresentação do Programa

Vivemos em uma sociedade onde a totalidade das áreas do conhecimento e interação do ser humano está diretamente relacionada com a comunicação em suas três vertentes: entretenimento, informação e formação.

Master Universitario em Comunicação Corporativa aborda os diferentes processos e recursos necessários para a eficiente gestão da comunicação em entidades, corporações e instituições, assim como os aspectos específicos das empresas dedicadas aos meios de comunicação. Também enfatiza a compreensão dos conceitos teóricos e práticos necessários para a execução de estratégias de marketing, pesquisa de mercados e audiências, publicidade e propaganda, que são de vital importância nos processos de gestão da comunicação. Assim, aborda-se o contexto social das Tecnologias de Informação e Comunicação no cenário profissional dos diretores e gestores de processos de comunicação corporativa e institucional de hoje em dia.

A quem é dirigido

Dependendo da orientação, o programa é dirigido a diversos profissionais.

  • Jornalistas, sociólogos e outros profissionais graduados na área de Humanidades.
  • Profissionais da indústria audiovisual, comunicação ou publicidade, que queiram consolidar conhecimentos para aplicá-los em seu ambiente de trabalho.
  • Professores de comunicação que desejam atualizar seus conhecimentos na área.
  • Licenciados/Graduados que desejam se especializar em temas audiovisuais ou em jornalismo para poder melhorar suas expectativas de trabalho.

Titulação

A conclusão com sucesso do Programa permitirá que você obtenha a titulação do Master Universitario em Comunicação Corporativa.

Após a conclusão com êxito do Programa, o aluno receberá o diploma emitido pela Universidade em que se matriculou.

Estrutura do Programa

  • O tempo máximo disponível para realizar o Programa é de 24 meses. Neste período de tempo, o aluno deve ter concluído com êxito todas as atividades avaliativas e ter a Dissertação de Master aprovada.
  • Por motivos acadêmicos e de aprendizagem, a duração mínima do Programa é de 12 meses.
  • Por ser um Programa a distância e não estar sujeito a classes presenciais, não se fixa uma data de início, por isso o aluno pode formalizar a matrícula em qualquer momento, sempre que houver vagas disponíveis.

A estrutura de créditos do Master Universitario em Comunicação Corporativa é a seguinte:

PARTES CRÉDITOS
1a Parte: FASE PRÉVIA 29a
2a Parte: FASE OFICIAL 72
TOTAL 101

a. A equivalência em créditos pode variar segundo a universidade titulante. Um (1) crédito ECTS (European Credit Transfer System) equivale a 25 horas. Se o aluno cursa o Programa matriculado em uma universidade não pertencente ao Espaço Europeu de Educação Superior (EEES), a relação entre créditos e horas pode variar.

A Fase Oficial é composta de:

PARTES CRÉDITOS
Dez disciplinas obrigatórias 35
Especialidades 21
Práticas Externas 6
Trabalho Final do Máster 10
TOTAL 72

Objetivos

Objetivo geral

  • Formar profissionais altamente qualificados no conhecimento dos diversos meios de comunicação: televisão, imprensa escrita, rádio, multimídia, Internet e gabinetes de comunicação, bem como das rotinas de produção e pesquisa em cada área.

Objetivos específicos

  • Revisar o conceito de comunicação no contexto globalizado da sociedade do conhecimento.
  • Potencializar as capacidades de comunicação e negociação em ambientes complexos e em mudança.
  • Refletir a respeito das normas e dos princípios éticos que regem e orientam a atividade profissional dos comunicadores no contexto da globalização.
  • Adquirir competências na produção de mensagens jornalísticas em diferentes áreas.
  • Conhecer de forma teórica e prática as possibilidades de comunicação que as TIC oferecem.
  • Analisar o alcance e efeito que os meios de comunicação têm na sociedade globalizada.
  • Formar jornalistas que possam não só atuar com êxito nos meios de hoje, mas que contribuam, também, para o desenvolvimento do jornalismo do século XXI.
  • Dotar os estudantes de conhecimentos atualizados sobre diversas especialidades jornalísticas e prepará-los para as necessidades do mercado de trabalho em agências, jornais, rádio, televisão e Internet.
  • Fornecer as habilidades básicas do comunicador na concepção, direção e desenvolvimento de projetos na área da comunicação.

Saídas Profissionais

As saídas profissionais do Master Universitario em Comunicação Corporativa podem variar segundo a Especialidade que o estudante escolha.

Master Acadêmico em Comunicação Corporativa com Especialidade em Jornalismo, funções e meios:

  • Diretor Editorial
  • Jornalista para meios tradicionais e digitais
  • Repórter para diferentes meios
  • Redator

Master Acadêmico em Comunicação com Especialidade em Produção e realização audiovisual:

  • Diretor/Realizador
  • Produtor
  • Técnico de realização de vídeo
  • Técnico de direção cinematográfica
  • Técnico de produção audiovisual

Plano de estudos

Mestrado em Comunicação possui uma estrutura curricular baseada em duas partes formativas complementares, para conseguir uma formação integral:

  • 1ª PARTE: FASE INICIAL

A Fase Inicial está orientada à aprendizagem dos conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias ao aproveitamento adequado do Mestrado, em sua Fase Avançada. Integra disciplinas enfocadas em temas que se consideram precedentes ou constituem uma base necessária para a aprendizagem das disciplinas que compõem a Fase Avançada. É por isso que também costumam ser considerados Requisitos Prévios

As disciplinas e créditos acadêmicos correspondentes que compõem a Fase Inicial se mostram na seguinte tabela:

  • 2ª PARTE: FASE AVANÇADA

A Fase Avançada está orientada à aprendizagem dos conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias que permitem obter una formação avançada e orientada à especialização profissional

Neste sentido, o programa oferece duas especializações: uma em Jornalismo: funções e meios, e outra em Produção e realização audiovisual. O aluno/a optará pela especialização mais afim à sua trajetória, interesses e projeção profissional e o comunicará no momento da matrícula, definindo assim o itinerário do Mestrado que cursará.

Esta Fase se completa com a realização de um Estágio ou Práticas Externas em um contexto laboral autêntico e com a realização do Projeto Final de Mestrado, caracterizado por uma orientação aplicada, devido ao caráter profissionalizador do Mestrado.

As disciplinas e créditos ECTS correspondentes à Fase Avançada estão na seguinte tabela:

FASE AVANÇADA - Direção e Gestão da Comunicação Corporativa
# DISCIPLINAS CRÉDITOS
1 Comunicação Integral 3
2 Desenho e Gestão de Projetos de Comunicação 4
3 Administração e direção de empresas de comunicação 3
4 RSC na Comunicação 4
5 Comunicação e Protocolo 3
FASE AVANÇADA - Comunicação com Audiências, Clientes e Mercados
# DISCIPLINAS CRÉDITOS
6 Pesquisa de Mercados e Estudos de Audiências 4
7 Marketing Digital e E-Commerce 4
8 Comunicação Publicitária 3
FASE AVANÇADA - A Comunicação Digital na Empresa
# DISCIPLINAS CRÉDITOS
9 TIC e Comunicação Multimídia 4
10 Sociedade da Informação, Comunicação e TICs 3
TOTAL 35

ESPECIALIZAÇÃO EM JORNALISMO: FUNÇÕES E MEIOS

ESPECIALIZAÇÃO EM PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL

ESTÁGIO / PRÁTICAS EXTERNAS

ESTÁGIO / PRÁTICAS EXTERNAS
# DISCIPLINA CRÉDITOS ETCS
1 Estágio / práticas externas 6
TOTAL 6

PROJETO FINAL DO MESTRADO

PROJETO FINAL DO MESTRADO
# DISCIPLINA CRÉDITOS ETCS
1 Projeto final do mestrado 10
TOTAL 10

Descrições dos Cursos

1ª PARTE: FASE INICIAL

  1. HISTÓRIA E FILOSOFIA DA COMUNICAÇÃO

    Esta disciplina tem como objetivo a aquisição dos conhecimentos necessários para compreender o processo de transmissão da informação, sua origem, teorias e sua evolução.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    A COMUNICAÇÃO
    Origens e evolução. Teorias da comunicação. Filosofia aplicada à comunicação. Diferentes teóricos, modelos e escolas. Para uma caracterização da comunicação no contexto atual. As mudanças no cenário.
  2. FUNDAMENTOS DA COMUNICAÇÃO

    Esta disciplina propõe uma análise da Comunicação enquanto disciplina e ciência, o que envolve um estudo epistemológico, sua relação com outras ciências e os processos comunicativos nos novos cenários tecnológicos.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    ORIGEM, CONCEITOS E MODELOS DE COMUNICAÇÃO
    A Epistemologia da Comunicação. Escolas da Teoria da Comunicação. Tendências atuais da Teoria da Comunicação. Os Meios de Comunicação e as Novas Tecnologias da Informação e as Comunicações.
  3. ANÁLISE E CRÍTICA DA MÍDIA

    Esta disciplina procura desenvolver uma consciência crítica dos sujeitos em relação aos meios de comunicação e ao papel que desempenham na sociedade, a influência da mídia e os aspectos éticos e sociais com os quais um meio administra a informação.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    INFLUÊNCIA DA MÍDIA NA SOCIEDADE ATUAL
    Função social e responsabilidade da mídia. Os problemas éticos na mídia de massa.
    GÊNERO DE OPINIÃO
    Chaves para a argumentação. Crítica literária. Metodologias para a análise de textos.
  4. TÉCNICAS DE DIREÇÃO DE EQUIPES DE TRABALHO

    O objetivo geral desta disciplina é oferecer os elementos teóricos e práticos sobre os grupos e equipes de trabalho e suas características, além das técnicas e ferramentas para sua gestão eficaz.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    CONCEITOS DE GRUPO E DE EQUIPE, SUAS CARACTERÍSTICAS DIFERENCIAIS
    Aplicações práticas para motivar equipes de trabalho. A competência vinculada ao trabalho em equipe. Os membros e papéis em uma equipe de trabalho.
  5. GESTÃO DO TEMPO E DIREÇÃO DE REUNIÕES

    O objetivo desta disciplina é destacar a importância das habilidades comunicativas no desenvolvimento de reuniões de trabalho mediante uma boa preparação, assim como a utilização de estratégias para otimizar a direção de grupos de trabalho nas organizações.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    GESTÃO EFICAZ DO TEMPO
    O tempo e seus atributos. Planejamento e organização do tempo de trabalho. Um enfoque de eficácia para o manejo do tempo. As regras de ouro do uso do tempo. As reuniões de trabalho. As reuniões: mitos e realidades. A dinâmica de grupo e suas técnicas em função da eficácia das reuniões.
  6. TÉCNICAS BÁSICAS DE GESTÃO DE PROJETOS EM COMUNICAÇÃO

    Esta disciplina contém informação para ajudar a entender os aspectos teóricos e práticos relacionados com o conflito e as estratégias de resolução mais usuais: negociação, mediação e arbitragem, entre outras, como campos que envolvem processos de comunicação.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    INTRODUÇÃO À ANÁLISE DE CONFLITOS, MÉTODOS PARA RESOLVÊ-LOS
    ESTRATÉGIAS DE MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM
    COMPETÊNCIAS E HABILIDADES COMUNICATIVAS NA RESOLUÇÃO DE CONFLITOS
  7. TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO

    Esta disciplina busca desenvolver as capacidades dos participantes para preparar e realizar apresentações profissionais, para a obtenção da influência desejada no auditório.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    COMUNICAÇÃO ORAL AFETIVA
    As ferramentas do orador. A mensagem. A apresentação em público.
  8. PROPRIEDADE INTELECTUAL

    Nesta disciplina, busca-se ensinar a respeito dos direitos que correspondem ao criador, porque os direitos de autor ganharam tanta relevância na atualidade e o que são os direitos morais e de exploração derivados de uma obra.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS E ANTECEDENTES HISTÓRICOS DA PROPRIEDADE INTELECTUAL
    A propriedade intelectual. Categorias. A consideração do direito autoral como direito fundamental. A legislação internacional. Creative commons. Coyleft.
  9. METODOLOGIA DE PESQUISA CIENTÍFICA

    Esta disciplina familiariza o aluno com o contexto científico da pesquisa e suas exigências conceituais e metodológicas. Apresenta as diversas etapas de um processo de pesquisa, favorecendo o desenvolvimento de habilidades e destrezas no planejamento metodológico do Projeto Final ou Dissertação de Master, assim como na elaboração de um relatório ou memória de pesquisa.

    Alguns temas abordados na disciplina:

    ASPECTOS EPISTEMOLÓGICOS DA PESQUISA CIENTÍFICA.
    O que é a epistemologia? O que é um paradigma? Conhecimento e ciência. Concepção empírico positiva. Concepção hermenêutica ou interpretativa. Poiesis e praxis: uma chave na compreensão dos paradigmas.
    O PROCESSO DE PESQUISA CIENTÍFICA.
    Etapas do caminho. Como iniciar uma pesquisa? O projeto: ponto de partida. Escolha do tema. Formulação do problema. Formulação das perguntas de pesquisa. Definição de objetivos. Elaboração de hipótese. Justificação da pesquisa. Definição do título.
    CONSTRUÇÃO DO QUADRO TEÓRICO.
    O que é um quadro teórico? Revisão da bibliográfica: documentação e busca de informação. O que procurar?: fontes primárias, secundárias e terciárias. Onde procurar?: localização virtual e/ou física. Que literatura consultar em profundidade?: critérios para a seleção. Como ler textos acadêmicos?: estratégias para a leitura e compreensão de textos escritos. Reproduzir / compreender um texto: mais além do tudo ou nada. Conselhos úteis para a leitura de textos acadêmicos. Como registrar a informação? Elaboração do quadro teórico: orientações.
    ELABORAÇÃO DA ESTRATÉGIA METODOLÓGICA.
    Definição do tipo de projeto de pesquisa. Classificação das variáveis. Definição operacional da variável. A amostragem. Técnicas e instrumentos de coleta de dados. A observação participante. Grupo nominal. Técnica Delphi. Entrevista em profundidade. Grupos de discussão. História de vida. Procedimentos para a análise dos dados. Análise qualitativa dos dados. Análise de conteúdo. Análise do discurso.
    O RELATÓRIO DE PESQUISA.
    Partes de um relatório de pesquisa escrito. Aspectos formais na redação de trabalhos científicos. A composição de textos escritos: o processo de escrita. Questões textuais. Propriedades textuais básicas. Normas internacionais de citações bibliográficas. Normas gerais para citações no texto. Referências bibliográficas ao final do texto. Alguns critérios para autoavaliar um relatório de pesquisa.

2ª PARTE: FASE AVANÇADA

  1. DIREÇÃO E GESTÃO DA COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

    1. COMUNICAÇÃO INTEGRAL

      Nesta disciplina, busca-se que o profissional compreenda as diversas esferas que conformam as competências comunicativas e linguísticas do ser humano, o processo de expressão e emissão de mensagens, e a diversidade de contextos comunicativos e interlocutores que intervêm no mesmo.

      Alguns temas abordados na disciplina são:

      A COMUNICAÇÃO: SIGNOS E INTENCIONALIDADE
      Elementos e funções, recursos linguísticos, paralinguísticos e extralinguísticos. Texto: título, tema e ideias fundamentais. Ruídos na comunicação: recursos expressivos e capacidade de escuta.
    2. DESENHO E GESTÃO DE PROJETOS DE COMUNICAÇÃO

      Esta disciplina tem como objetivo que o profissional aprenda as diversas esferas que formam as competências comunicativas e linguísticas do ser humano, o processo de expressão e emissão de mensagens, e a diversidade de contextos comunicativos e interlocutores que intervêm.

      Alguns temas abordados na disciplina são:

      ETAPAS PARA O PROJETO E CONCEPÇÃO DE PROJETOS.
      Da ideia ao produto. Planejamento e produção. Avaliação e acompanhamento. Ferramentas de gestão de projetos.
    3. ADMINISTRAÇÃO E DIREÇÃO DE EMPRESAS DE COMUNICAÇÃO

      Esta disciplina introduz o aluno em conceitos e técnicas de administração e direção de empresas, assim como na compreensão do significado, da natureza e do alcance da função de administrar uma empresa ou administrar um de seus subsistemas. Permite ter uma visão geral da empresa, suas funções, processos e componentes, e permite compreender a linguagem empresarial e dos negócios, adaptado ao âmbito da comunicação.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      Habilidades diretivas para a gestão de empresas da comunicação. Âmbitos e competências da direção de empresas de comunicação. Processos e tendências na administração de empresas de comunicação. Análise da indústria de mídia e novas oportunidades de negócio com a TIC. Habilidades e competências na direção de gabinetes e agências de publicidade, e de comunicação audiovisual.
    4. RSC NA COMUNICAÇÃO

      Esta disciplina traz os principais conceitos para que o aluno domine a importância e a vigência da ética empresarial e da responsabilidade social corporativa, reconhecendo-as como uma ferramenta eficaz para alcançar a competitividade.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      FUNDAMENTOS DE ÉTICA EMPRESARIAL E RESPONSABILIDADE SOCIAL
      Evolução histórica da ética. Seu caráter universal. Autores mais representativos no contexto do estudo da ética. Definição de ética. Métodos de estudo. Razões para atuar com inteligência. Necessidade de levar em conta os interesses alheios. Atuação ética, perspectiva da empresa. Padrões éticos e eficácia empresarial. Princípios fundamentais de ética empresarial. Necessidades de um plano de vida. Ética, legalidade e valores. Valores compartilhados. Por que o crescente interesse pela ética empresarial?
      NECESSIDADE DA ÉTICA EMPRESARIAL E A RESPONSABILIDADE SOCIAL NO ÂMBITO DA COMUNICAÇÃO
      Conceito de empresa e sociedade. Problemática das PME. A empresa como sistema e parte integrante da sociedade. A empresa como sistema produtivo. Ética e sociedade. O caráter ordenador da ética na sociedade. A ética empresarial. A ética e a competitividade. A responsabilidade social corporativa, prioridades e finalidade de uma empresa ética. A gestão sustentável da empresa. A responsabilidade para os clientes, os empregados e outros stakeholders. A formação ética como necessidade de obter um clima de negócios mais seguro. Vantagens de obter um código de ética totalmente estabelecido. Aspectos negativos de uma má utilização da ética nas organizações.
      O FATOR HUMANO COMO CENTRO DA ÉTICA EMPRESARIAL E A RESPONSABILIDADE SOCIAL
      As pessoas como fonte de ingresso e não de custos. As avaliações de recursos humanos (RH). A evolução do capital humano e o capital intelectual. Cultura empresarial, motivação, sentido de pertencimento, e liderança. Variáveis da atuação ética de uma comunidade empresarial. Conjugação do clima organizacional, a comunicação e a autoridade para determinar valores éticos. Relação da ética empresarial com as tendências atuais da gestão. Inovação, ciência e tecnologia. A ética e o comércio eletrônico.
    5. COMUNICAÇÃO E PROTOCOLO

      Esta disciplina pretende ensinar o conjunto de condutas, regras e normas sociais que devem ser conhecidas e respeitadas nos atos oficiais em relação aos meios de comunicação, como administrar dentro de uma organização a aplicação de protocolos para cobrir eventos oficiais.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      ASPECTOS BÁSICOS DO PROTOCOLO
      A preparação e organização de atos. A relação do protocolo com os meios de comunicação. O protocolo como ferramenta de comunicação. A comunicação interna e externa. A localização dos meios nos atos.
  2. COMUNICAÇÃO COM AUDIÊNCIAS, CLIENTES E MERCADOS

    1. PESQUISA DE MERCADOS E ESTUDOS DE AUDIÊNCIAS

      Esta disciplina contempla as mudanças e os comportamentos do mercado na atualidade e apresenta os métodos e as técnicas de pesquisa de mercados e de estudos de audiência, incluindo a audiência na Internet e nos meios digitais.

      Alguns temas abordados na disciplina:

      MÉTODOS E TÉCNICAS QUANTITATIVAS E QUALITATIVAS DE PESQUISA DE MERCADOS.
      TIPOLOGIA, SEGMENTAÇÕES, DINÂMICA E PROSPECÇÃO DE MERCADO.
      OUTROS MÉTODOS DE PESQUISA OPERATIVA NO ESTUDO DE MERCADOS.
      MÉTODOS E TÉCNICAS PARA DEFINIR E MEDIR A AUDIÊNCIA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO MASSIVOS (TELEVISÃO, RÁDIO, IMPRENSA, INTERNET E NOVOS MEIOS) E OS EFEITOS NO COMPORTAMENTO DAS AUDIÊNCIAS.
    2. MARKETING DIGITAL E E-COMMERCE

      Esta disciplina aborda os serviços, usos e recursos da internet para o posicionamento de uma empresa na rede.

      Alguns temas abordados na disciplina:

      Marketing e sua aplicação na rede. Posicionamento da empresa na internet. Estratégias e técnicas de posicionamento da empresa com o uso de mídias digitais. Análise de cliente e usuário na internet. Uso e apropriação do E-commerce.
    3. COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA

      Sendo a publicidade uma janela informativa do produto, esta disciplina pretende ensinar os mecanismos por meio dos quais se informa de maneira persuasiva o consumidor; dotando-o de uma série de ferramentas que, uma vez analisado o comportamento do consumidor, possa-se conhecer o produto e, como último passo, efetivar a compra.

      Alguns temas abordados na disciplina:

      INTRODUÇÃO À PUBLICIDADE E À PROPAGANDA
      Adaptação do processo geral da comunicação à publicidade e à propaganda. Influência da publicidade e da propaganda no comportamento do consumidor-cidadão. O processo de criação e produção da mensagem publicitária. Os meios publicitários. A pesquisa publicitária e a pesquisa de mídia.
  3. A COMUNICAÇÃO DIGITAL NA EMPRESA

    1. TICS E COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA

      Nesta disciplina, aprofunda-se no conhecimento das plataformas, ferramentas e instrumentos úteis para o criador de produtos multimídia.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      ANÁLISE DETALHADA DAS PRINCIPAIS TÉCNICAS NA PRODUÇÃO DE PRODUTOS MULTIMÍDIA
      Plataformas, ferramentas e instrumentos de utilidade para o comunicador no projeto, gestão e produção de conteúdos multimídia de diferentes tipologias.
    2. SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO, COMUNICAÇÃO E TICS

      A presente disciplina pretende propiciar uma análise para que o estudante determine quais foram as consequências que tiveram as novas tecnologias da informação nos processos comunicativos.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      A CULTURA DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO: EFEITOS NO PROCESSO DE COMUNICAÇÃO.
      Vantagens das TICs. Inconvenientes à expansão das TICs. Problemáticas associadas às TICs na sociedade da informação.
  4. ESPECIALIZAÇÃO EM JORNALISMO: FUNÇÕES E MEIOS

    1. HISTÓRIA E GÊNEROS DO JORNALISMO

      Esta disciplina apresenta a evolução do jornalismo e seus principais gêneros. Também ensina as principais habilidades para a criação de uma notícia, as características das fontes da informação, assim como os gêneros, técnicas e estilos de redação jornalísticos, além da aplicação da Internet para esta disciplina.

      Alguns temas abordados na disciplina:

      TEORIA GERAL DO JORNALISMO
      Mudanças, evolução e tendências. As escolas ou correntes. O jornalismo de fins do século 20 e a pós-modernidade.
      MEIOS E LEITORES
      Ouvintes e telespectadores. O jornalismo de interpretação. Informação, base de dados e interpretação. Antecedentes e projeções. Ponderação. Fontes. Confrontação. Estilos e linguagens.
      TÉCNICAS DE REDAÇÃO JORNALÍSTICA
      Crônica, reportagem e entrevista. O gênero de opinião. O editorial. Artigo de fundo. O editorial como representação do pensamento oficial do meio. Consideração sobre a presença editorial na imprensa. Impacto sobre elites dirigentes. Página editorial. Autorias. O estilo. O discurso editorial. Estratégias dos meios com o discurso de opinião. O artigo editorial como objeto de pesquisa. O artigo de opinião e o editorial. Transformação dos gêneros jornalísticos na Internet.
    2. JORNALISMO INVESTIGATIVO - APLICAÇÃO DAS TIC

      Esta disciplina é composta por uma série de elementos que o estudante deve conhecer para realizar investigações jornalísticas que aprofundem eventos que afetam o bem comum.

      Alguns temas abordados na disciplina:

      O QUE É E O QUE NÃO É JORNALISMO INVESTIGATIVO?
      Características do jornalismo investigativo. Elementos que condicionam o jornalismo de investigação. Tipos de jornalista investigativo. Antecedentes do jornalismo investigativo.
      O PROCESSO DE INVESTIGAÇÃO
      Estratégia de trabalho, métodos e técnicas. Os limites legais do Jornalismo de Investigação. Metodologias de planejamento e desenvolvimento de uma reportagem jornalística de investigação.
    3. OPINIÃO PÚBLICA E PROPAGANDA POLÍTICA

      Esta disciplina aborda a origem e evolução da opinião pública e a propaganda política, com uma orientação aplicada.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      Opinião Pública: origens. Linhas teóricas. Conceitualização. Funções Normativas. Características gerais. Processos. Propaganda Política, história e desenvolvimento. Conceitualização. Sistema de propaganda, regras e princípios. Campanhas de propaganda. Estudos de Audiência. Conceitualização. Tipos de Audiência. Evolução histórica da pesquisa sobre as audiências e as mediações. Medição quantitativa de audiência. Objetivos, indicadores e métodos.
    4. FONTES INFORMATIVAS E REDAÇÃO DA NOTÍCIA

      A informação é o respaldo de toda a notícia, a fonte homóloga à informação, tal caso envolve implicações sociais e jurídicas. Esta disciplina visa ensinar técnicas para a validação e classificação da informação, assim como para gerenciar o tratamento que se deve dar à fonte de informação.

      Alguns temas abordados na disciplina:

      DEFINIÇÃO DO CONCEITO DE FONTE DE INFORMAÇÃO
      Classificação e traços determinantes dos tipos de fontes informativas existentes. Técnicas para a identificação, comparação e validação de uma fonte informativa. Normas de citação de fontes.
      OFF THE RECORD
      Conceito, metodologia de trabalho e aplicações para o comunicador.
      CONCEITO DE NOTÍCIA
      Os valores da notícia. Pirâmide invertida. A notícia na internet. Recursos estilísticos. Classificação da notícia. O título informativo: conceito e tipos. Estratégias para a hierarquização da informação. Meios de comunicação e atualidade.
    5. ENTREVISTA JORNALÍSTICA (IMPRENSA ESCRITA-RÁDIO-TV)

      A informação é o respaldo de toda notícia, a fonte homóloga à informação, tal sucesso acarreta implicações sociais e legais. Esta disciplina busca ensinar técnicas para a validação e classificação da informação, assim como administrar o tratamento a ser dado à fonte de informação.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      DEFINIÇÃO DO CONCEITO DE FONTE DE INFORMAÇÃO
      Classificação e traços determinantes dos tipos de fontes informativas existentes. Técnicas para a identificação, comparação e validação de uma fonte informativa. Normas de citação de fontes.
      OFF THE RECORD
      Conceito, metodologia de trabalho e aplicações para o comunicador.
      CONCEITO DE NOTÍCIA
      Os valores da notícia. Pirâmide invertida. A notícia na internet. Recursos estilísticos. Classificação da notícia. O título informativo: conceito e tipos. Estratégias para a hierarquização da informação. Meios de comunicação e atualidade.
    6. REPORTAGEM (IMPRENSA ESCRITA, RÁDIO, TV, MULTIMÍDIA)

      A reportagem é a maneira pela qual os meios de comunicação apresentam a informação. Esta disciplina pretende ensinar a estrutura de uma reportagem, sua classificação e técnicas de elaboração, atendendo ao suporte de cada meio de comunicação.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      REPORTAGEM
      Técnicas para a imprensa escrita. A reportagem nos meios audiovisuais. A reportagem gráfica. A crônica nos diversos meios. Tipos de reportagens. Técnicas de elaboração de uma reportagem. A grande reportagem. As fontes informativas na reportagem. Recursos literários na reportagem. Diretrizes formais para a elaboração da reportagem impressa, radiofônica, televisiva e multimídia.
    7. CIBERJORNALISMO

      A internet é a plataforma para muitos meios de comunicação. Esta disciplina ensina os gêneros jornalísticos on-line mais relevantes, as técnicas para a gestão de meios eletrônicos de comunicação e a nova forma de comunicação que se gerou com o surgimento desta nova tecnologia.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      O CONCEITO DE INTERNET
      Sua evolução e características. A internet como meio de comunicação. Características do jornalismo on-line: imediatez, multimídia, personalização, interatividade e hipertextualidade.
      EVOLUÇÃO DO JORNALISMO DE INTERNET
      Dos gêneros jornalísticos aos gêneros ciberjornalísticos. Técnicas e conselhos para a elaboração de mensagens informativas on-line. O papel do ciberjornalista: perfis, habilidades e competências. Web 2.0 e jornalismo. O processamento e a publicação de informação na internet através de um sistema de gestão on-line de conteúdos. Blogs como ferramentas para o exercício jornalístico. Redes sociais e ciberjornalismo. Estrutura geral dos meios de comunicação on-line. Web 3.0 e ciberjornalismo.
  5. ESPECIALIZAÇÃO EM PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL

    1. DESENHO E ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

      Esta disciplina pretende desenvolver as habilidades necessárias para realizar tarefas próprias do desenho, planejamento, gestão e controle da produção, aprofundando as diversas fases de desenvolvimento e edição do projeto audiovisual.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      A PRODUÇÃO E O PROCESSO DE PRODUÇÃO AUDIOVISUAL
      A indústria audiovisual. Tipos de programas audiovisuais. As profissões na produção audiovisual.
      ESTUDO DO PROJETO, FINANCIAMENTO E MODOS DE PRODUÇÃO
      A preparação da produção. A preparação: o plano de trabalho e o orçamento. A produção na fase de gravação. A produção na fase de finalização.
    2. LINGUAGEM E NARRATIVA AUDIOVISUAL

      O objetivo fundamental desta disciplina é ensinar aos estudantes os conhecimentos acadêmicos e práticos sobre o manejo de câmera, composição visual e sonora, entre outros elementos necessários para que compreendam e dominem a linguagem audiovisual.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      PLANO, TOMADA, CENA E SEQUÊNCIA
      Campo e fora de campo. Fragmentação do espaço cênico. O movimento. A composição. A continuidade. Montagem e edição. A banda sonora.
    3. O ROTEIRO AUDIOVISUAL E MULTIMÍDIA

      Nesta disciplina, estudam-se as diferentes fases e aspectos relacionados com o desenvolvimento de uma história, desde sua concepção até entrar em cena, para ser apresentada através do cinema, da televisão ou da internet.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      CONCEITOS PRÉVIOS
      A estrutura. O longa-metragem. As subtramas. O personagem.
      FASES NA CRIAÇÃO DO ROTEIRO
      A ideia. O conflito ou intriga básica. Estrutura ou storyline. Sinopse argumentativa. Primeira descrição de personagens. O tratamento. Roteiro literário. O diálogo na criação de ação dramática. O roteiro. Ferramenta para a produção. O roteiro multimídia: tipologias, técnicas e etapas de produção.
    4. CAPTAÇÃO, REGISTRO E PÓS-PRODUÇÃO DE SOM

      Examinaremos nesta disciplina a estrutura do som, desde seus fundamentos físicos e fisiológicos até sua inserção no suporte audiovisual, passando pelos mecanismos empregados para a captação, armazenamento e reprodução do som.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      PRINCÍPIOS BÁSICOS DO SOM
      O amplificador. Captação de som. Gravação e reprodução magnética do som. Alto-falantes e telas acústicas. O som digital. Gravação e reprodução do som óptico. O registro do som. A pós-produção do som.
    5. TÉCNICAS DE ILUMINAÇÃO

      Nesta disciplina, analisaremos os fundamentos físicos e fisiológicos da luz e da cor, assim como suas aplicações no campo audiovisual e as técnicas mais usuais.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      NATUREZA DA LUZ
      Características da luz. Equipes de iluminação. Iluminação. Esquemas básicos de iluminação. Iluminação de uma pessoa estática. Iluminação de duas pessoas. Iluminação de um grupo de pessoas. Iluminação de uma pessoa em movimento. Iluminação de tipologias televisivas. Efeitos especiais. Exemplos práticos de iluminação.
    6. DIREÇÃO FOTOGRÁFICA

      O objetivo principal desta disciplina é que o aluno aprenda os fundamentos teóricos e práticos referentes à direção de fotografia de um projeto audiovisual, partindo da realização cinematográfica em contextos analógicos e digitais.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      A PELÍCULA
      As objetivas. Os filtros. Tomada cinematográfica. O laboratório. A iluminação aplicada aos diferentes gêneros cinematográficos.
    7. TÉCNICAS DE REALIZAÇÃO

      O objetivo desta disciplina é que se compreendam de maneira detalhada o trabalho do diretor/realizador no mundo do audiovisual, suas funções, estilo e obrigações, assim como as técnicas de realização necessárias na produção de um projeto para cinema ou televisão.

      Alguns temas que são abordados na disciplina:

      O OFÍCIO DO DIRETOR/REALIZADOR.
      O processo de produção. A visualização na realização audiovisual. Estilos e técnicas de realização audiovisual.
  6. ESTÁGIO / PRÁTICAS EXTERNAS

    Esta disciplina tem o propósito de promover o treinamento e desenvolvimento de competências gerais, específicas e/ou transversais do Master Acadêmico em curso. Consiste na realização de atividades profissionais em um contexto profissional autêntico.

    Para isso, designa-se um professor-tutor da Universidade e um tutor da instituição onde se realizam as práticas. Os dois tutores supervisionarão e acompanharão as atividades e tarefas desenvolvidas pelo aluno durante o período de Práticas.

  7. TRABALHO FINAL DE MESTRADO

    A Dissertação de Master (DM) é o desenvolvimento de um projeto aplicado que oferece novidades ao campo de conhecimentos do programa de estudos. O DM deve ser elaborado de acordo com os alineamentos e normativas exigidas para uma atividade deste tipo. Durante todo o processo, contar-se-á com a assessoria da equipe acadêmica e de um Orientador de Mestrado, especialista no tema objeto de estudo.


Nota: O conteúdo do programa acadêmico pode ser submetido a ligeiras modificações, em função das atualizações ou das melhorias efetuadas.

Direção

  • Dr. Federico Fernández. Reitor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanidades. Universidade Europeia do Atlântico.
  • Dr. Santiago Tejedor. Doutor em Jornalismo. Professor do Departamento de Jornalismo. Universidade Autônoma de Barcelona.

Coordenação Acadêmica

  • Dra (c). Patricia Martínez. Coordenadora Área de Comunicação da FUNIBER.

Professores e Autores

  • Dra. Irene García Rondón. Doutora em Ciências Econômicas pela Universidade de Havana. Especialista em Ciências Empresariais. Master em Marketing e Direção Comercial. Especialista em pesquisa em Comunicação, Opinião pública e Crítica de meios.
  • Dr. Federico Fernández. Doutor em Ciências pela Educação da Universidade de Barcelona. Pesquisador do Departamento de Projetos de Engenharia da Universidade Politécnica da Catalunha. Especialista em Projeto e Planejamento de Projetos. Realizador de vídeo e cinema. Pesquisador e autor de várias publicações sobre produção e indústria audiovisual e multimídia.
  • Dr. Vladimir Vega. Especialista em técnicas de comunicação publicitária. Doutor em Ciências Econômicas. Master e Especialista Acadêmico em Gestão de Empresas Turísticas pela Universidade de Las Palmas de Gran Canaria, Espanha, e pela Universidade de Matanzas, Cuba. Professor na Universidade de Matanzas e Director CONAS- Consultores Associados S.A.
  • Dr. Santiago Giraldo Luque. Doutor em Comunicação e Jornalismo pela Universidade Autônoma de Barcelona. Master em Comunicação e Jornalismo, e professor em Comunicação e Educação. Politólogo (Licenciado em Ciências Políticas). Autor de publicações sobre comunicação, jornalismo cidadania. Pesquisador e Professor da UAB.
  • Dr. Benito Escobar. Doutor em Artes Cênicas pela UAB. Licenciado em Letras e estética pela Universidade Católica de Chile. É fundador e primeiro presidente no Chile da Associação de Dramaturgos Nacionais. Especialista em técnicas expressivas de comunicação em público e comunicação presencial.
  • Dr. Ernesto Negrín. Especialista em Protocolo e Relações Públicas. Doutor em Ciências Técnicas. Master em Gestão da Produção e Serviços pela Universidade de e Matanzas, Cuba. Consultor em Administração e Comunicação organizacional em diversos países latino-americanos.
  • Dra. Lucía Pérez Sanagustín. Doutorado em Jornalismo e Novas Tecnologias pela Universidade Complutense de Madri, Espanha. Community manager e estratégias comunicação de projetos educativos no programa Rede Iberoamericana de cooperação, TIC e Educação (Ministério de Educação, Cultura e esporte). Pesquisadora de doutorado – Universidade Autônoma de Barcelona.
  • Dr. Fermín Ferrioll. Especialista em pesquisa de mercados. Professor em Ciências da Direção e Professor Auxiliar. Professor na Universidade Internacional Ibero-americana, México.
  • Dr. Carlos Monte (Montecarlo). Licenciado em Belas Artes e PhD: “Narrative Structures in Visual Media”. Especialista em cinema e narrativas transmedia. Master Oficial em “Ficção em cinema e televisão. Produção e realização” em Cinema and TV da Universidade Ramón Llull. Ampla experiência e participação em numerosas produções audiovisuais espanholas. Realizador de vídeo e cinema. Professor na Universidade Ramón Llull e na Universidade de Barcelona.
  • Dr. Fidel Ortiz Ordaz. Doutor em Ciências Econômicas. Pesquisador e Consultor empresarial na Universidade “Hermanos Saíz”, de Pinar del Río. Master em Direção na Universidade de Havana. Pós-graduado em Cultura Organizacional e Mudanças; Estratégia e Tecnologia Orientação ao Mercado pela Universidade de Sevilla, Espanha.
  • Dr. Alberto Jorge Acosta. Diretor Geral de Quadros, Desenvolvimento e Recursos Humanos da Universidade de Matanzas, Cuba. Licenciado em Psicologia, especializado no âmbito social das organizaciones. Especialista em Planejamento e Direção Estratégica, Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Recursos Humanos. Professor da Escola de Alta Direção e Administração, Barcelona, Espanha.
  • Dr. Fernando Sabés. Doutorando em Comunicação Audiovisual e Publicidade da Universidade Autônoma de Barcelona. Pesquisador em projetos de PDi na Espanha. Autor de várias publicações, documentos científicos e técnicos sobre temas de comunicação. Professor Faculdade de Ciências da Comunicação –UAB.
  • Dra (c) Carmen Lili Rodríguez. Doutoranda em Projetos. Master em Psicologia Laboral e Organizacional. Professora na Área de Empresas da FUNIBER.

Bolsa de Trabalho

A Fundação Universitária Iberoamericana (FUNIBER) destina periodicamente um valor econômico de caráter extraordinário para Bolsas de estudo em Formação FUNIBER.

Para solicitá-la, preencha o formulário de solicitação de informação que aparece no portal da FUNIBER ou entre em contato diretamente com a sede da fundação em seu país para saber se é necessário fornecer alguma informação adicional.

Uma vez recebida a documentação, o Comitê Avaliador examinará a idoneidade de sua candidatura para a concessão de um incentivo econômico na forma de Bolsa de estudo em Formação FUNIBER.